08
Ago 08

 

O que é a Ojectividade ?
A objectividade em epistemologia tem a ver com o carácter do esforço de racionalização científica que recorre por exemplo à observação , à experimentação e à medida a fim de superar a sensibilidade subjectiva individual para conseguir um assentimento universal.
Existem dois tipos de objectividade , a forte e a fraca . A forte é aquela que parte do pressuposto que é possível conhecer o real tal como ele é ( sendo semelhante ao realismo ingénuo : reduzir tudo aos sentidos , empirismo acrítico ) e o princípio deste tipo de objectividade , é o da certeza “ Esta causa provoca sempre este efeito “ ( a causa A provoca sempre o  efeito B ) . Este tipo de observação trouxe durante anos a concepção da ciência.
A objectividade fraca é aquela que tenta conhecer o real “ lado a lado “ com o sujeito ( sempre com consciência que o sujeito interpreta o conheciemnto ) ou seja , é interpretar o real , mas sempre com a consciência de que o sujeito vê , não é o real ( os sentidos enganam ) . O princípio em que tipo de objectividade se baseia é o princípio da incerteza “ Esta causa provoca um dos seguintes efeitos “ ( A pode provocar B,C,D,E,... ) .
publicado por apontamentosecundario às 00:04
tags:

07
Ago 08

 

Diferencie Senso Comum e a Ciência
O senso comum é um conhecimento construído de forma imediata e espontânea com base nos dados sensoriais , na transmissão social dos princípios colectivos , crenças e preconceitos que expressam a experiência colectiva da nossa comunidade e na experiência adquirida ao longo da vida , no decurso do processo de educação e de socialização.O objectivo do Senso Comum não dá uma explicação , nem uma compreensão da verdeira natureza da realidade.
Por outro lado , a Ciência é um conhecimento sisitematizado e metódico , que usa raciocínios , provas e demosntrações para ir além da experiência e conseguir obter conclusões mais precisas e rigorosas sobre o funcionamento da Natureza.A Ciência usa processos metodológicos próprios para explicar e compreender os fenómenos ( naturais ou sociais ) e para além disso , a Ciência pretende formular leis e teorias explicativas que permitam controlar a Natureza e pô-la ao serviço do Homem.
publicado por apontamentosecundario às 23:54
tags:

 

Esclareça o problema da verifcabailidade das hipóteses , tendo como base Karl Popper e Thomas Kuhn.
Popper coloda de lado o método indutivo , considerando que não é possível verificar totalmente as conjecturas ( termo que o mesmo preferia utilizar para designar teorias ) , Popper diz que é um erro verficar as teorias. O correcto a fazer é falsificá-las.
A atitude de um cientista deve ser tentar descobrir o que a sua teoria / conjectura não consegue provar onde é que ela falha.À medida que uma conjectura vai resistindo a todas as tentativas de refutação , esta vai ficando mais corroborada , visto que as teorias nunca podem ser confirmadas em definitivo.Segundo Popper , as teorias cientificas são sempre hipóteses , mais ou menos corroboradas . Se o cientista estiver , na maior parte das vezes , quando formulam uma teoria , procuram uma teoria , procuram ver o que ela consegue provar . No enter de Popper , a Ciência evolui de erro em erro . Este método de Karl Popper obriga o cientista a ser um pouco filófoso pois tem de justificar. Ao recusar o método indutivo , Popper evitava também o problema clássico do referido método.O método indutivo caía no erro de generalizar o particular.Popper propõe uma disposição diferente do cientista . Este não deve ter medo da crítica , mas sim procurá-la pois ela é o “ motor” da ciência . Quanto mais o cientista esconder as falhas , mais atrasada fica a Ciência . Segundo Popper , a teoria só se pode aceitar na comunidade científica quando quando se descobre nesta algo de falso , se se esconder o que há de falso numa teoria esta torna-se cada vez mais falsa.O cientista não pode ser dogmático : só admitindo e descobrindo o erro se o pode eliminar e passar à frente .
Kuhn , por sua vez , não olha para dentro da ciência da Ciência , mas para a sua história , vendo como é que as teorias se foram sucedendo , dando uma explicação social.De acordo com o mesmo autor , todos os cientistas estão mergulhadores em paradigmas aos quais não podem fugir ( estão enquadrados no contexto de determinada época logo tem um conjunto de saberes , ensinamentos , maneiras de ver o Mundo , etc ) completamente diferentes consoante a época em que vivem,O método de Kuhn funcionava em ciclo , podendo ser comprado com a construção de um puzzle. Começava num paradigma que ia resolvendo os problemas ( o “ fazedor “ de puzzles começa com determinada imagem na cabeça ) , constituindo a ciência normal . Este método funcionava , até que apareciam anomalias que conduziram a crises ( por vezes as peças que não encaixam , quando isto acontece , o “ fazedor “ de puzzles tem de descobrir o erro e chegar a conclusão que a culpa do erro não foi sua mas do puzzle ), constituindo a ciência extraordinária ( contrária ao normal ).Após a crise , ocorre a revolução científica , formando-se um novo paradigma , que redefine a noção de verdade.A partir daqui recomeça o ciclo , sendo novamente o seguinte passo a “ resolução de problemas “ . Na perspectiva de Kuhn , a Ciência não faz mais que saltar de paradigma em paradigma.Para Kuhn , cada novo paradigma tem uma configuração diferente do anterior , embora não signifique que esteja mais perto da verdade , apenas um explica melhor que o outro. Na ciência normal , apenas pomos em prática aquilo que já sabemos , enquanto que na ciência extraordinária , o salto de paradigma em paradigma destrói e volta a fazer.A ciência extraosdinária é uma evolução descontínua , no enquanto , esta afirmação contraria a definição de evolução ; enquanto que a ciência normal é uma evolução contínua da Ciência ( engordar a ciência ) .
A ciência normal é a construção do puzzle , não existem gransdes saltos ou descobertas ( apenas se põe em prática o que já conhecemos ).É uma ciência extraordinária que se dão os grandes saltos científicos.
Ambos ( Popper e Kuhn ) são críticos da Ciência e são contra os dogmáticos.
publicado por apontamentosecundario às 22:30
tags:

06
Ago 08

 

O método indutivo não chega a teorias universais seguras pois parte do particular para o universal , no entanto poupa tempo e é funcional . Este método depende muito da observação e é precisamente aí que começa , devendo ser imparcial , rigorosa e neutra.
Na realidade , a observação nunca é imparcial , pois o cientista tem que saber o que é quer ver / observar , sendo portanto , selectiva.Seguidamente dever-se-á formular hipóteses , que serão verificadas ou refutadas após a experimentação ( por se basear na experimentação este método é sempre uma generalização ) . Superada esta , a hipótese poderá ser considerada uma lei , podendo –se a partir dela chegar a novas conclusões .
Poderá prever-se o futuro e se os dados futuros não concordarem com as previsões , a lei terá de ser alterada.A grande desvantagem do método indutivo é que nem sempre se chega a premissas verdadeiras gerais partindo de premissas particulares , o que faz com que este método científico seja algo dúbio.Por dar muita importância à observação torna-se empírico , entrando assim num círculo vicioso( falta-lhe um princípio).
O método hipotético-dedutivo é o método mais utilizado em pesquisas laboratoriais e tem por base a formulação de uma hipótese que deverá ser experimentada e comprovada. Este método começa por formular um facto-problema , uma hipótese e investiga essa hipótese tentando-a falsificar ou comprovar , inferindo da mesma consequência preditiva.Posteriormente , dever-se-á realizar a experimentação e posterior confirmaçãoou refutação da consequência preditiva.Se a experimentação confirmar consequência preditiva , a hipótese é apoiada ou corroborada , formulando-se uma lei.Se a experimentação refutar a consequência preditiva , a hipótese é rejeitada e é formulada outra hipótese.As leis são interligadas umas com as outras , chegando-se a teorias científicas que explicam um todo , ao contrário das leis que são mais pequenas e menos gerais , explicando os aspectos para chegar a um todo.
publicado por apontamentosecundario às 23:29
tags:

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
arquivos
2008

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO