08
Ago 08

 

Definiçãode dogmatismo , cepticismo , criticismo , o realismo e racionalismo , Qual a sua relação ?
Quando se questiona a possibilidade de o sujeito poder ou não conhecer a realidade , deparamo-nos com um problema clássico , a sua possibilidade e a sua validade . Nas diferentes respostas filosóficas a estes problema , destacam-se as formuladas pelo dogmatismo , pelo cepticismo e pelo criticismo. O dogmatismo , o cepticismo e o criticismo estão relacionados com atitude , são atitude que o sujeito toma perante o problema da possiblidade.
O dogmatismo é a atitude filsófica que parte da aceitação da existência de uma verdade , no sentido corrente , é uma atitude pela qual nos ligamos a um dogma ponto de doutrina estabelecido por autoridade ) de maneira passiva. É uma aitude passiva , na medida em que aceita o que vê tal como é e parte da aceitação das coisas tal como nos são apresentadas , de forma acrítica.
Em filosofia , dogmatismo é doutrina que defende que defende que o homem é capaz de alcançar verdades , certezas absolutas , não dando importância aos factos ou argumentos que possam pôr em dúvida este princípio.
O dogmatismo , como atitude de aceitação sem critica , não é atitude própria da filosofia , pois esta é essencialmente desenvolvida na questionação para encontrar conhecimento mais sólido.
A posição dogmática admite a experiência de objectos físicos acerca dos quais podemos ter conhecimentos directo através dos nossos sentidos ; que esses objectos continuam a existir , mesmo que não estejam a ser percepcionados por ninguém ; que esses objectos são mais ou menos como nos parecem ser , através dos nossos sentidos.
O cepticismo parte do pressuposto que não aceita a possibilidade de o ser humano alcançar a verdade ( certezas ) . Pode também ser considerado , a doutrina , segundo qual praticar a dúvida e a indagação. O termo cepticismo deriva do grego e significa “ investigação “ , “ refleção” e “ dúvida “. Cepticismo é portanto uma atitude de dúvida e de desconfiança face às nossas possibilidades de conhecer a verdade.
De acordo com os cépticos não se pode conhecer o real em si mesmo ( a realidade é incognoscível ) , portanto é necessário suspender os juízos sobre este e reduzi-lo ao plano fenomenológico , apenas à descrição.O cepticismo é assim uma oposição ao dogmatismo.
O criticismo é uma atitude metodológica , que assume a necessidade de reflexão e de exame crítico , em vez da aceitação passiva. O criticismo ,antes de se basear na razão humana e no conhecimento , precede a uma análise crítica prévia das condições e das capacidades da razão para conhecer.
O realismo é , no sentido corrente , a atitude daquele que tem em conta a realidade e sabe apreciá-la com justeza , ou seja , consiste em acreditar que para lá do conteúdo da nossa consciência , existe algo de real . Existem três tipos de realismo , o realismo ingénuo , o realismo natural ( Aristóteles ) e o realismo crítico ( distinção entre consciência e realidade ).
O realismo ingénuo acontece quando uma pessoa pensa que aquilo a sua consciência adquiriu é igual à realidade. Este realismo parte do pressuposto de que nós vemos e a realidade , são uma só coisa. O realismo ingénuo não é sustentável , porque às vezes os nossos sentidos enganam-nos.
O racionalismo é a doutrina que afirma o primado ( princípio ) da razão , ou seja , é uma concepção , segundo a qual , a razão humana poderia levar ao conhecimento da verdade.
O racionalismo é uma doutrina , através da qual , o espírito humano possuiria princípios ou conhecimentos , independentes da experiência.
publicado por apontamentosecundario às 19:04
tags:

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2008

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO